Home         Notícias         Artigos         Quem Somos          Produtos         Serviços         Fale Conosco  
 Agronegócios (118)
 Algodão (4)
 Ambiente (43)
 Cana de Açucar (15)
 Citros (4)
 Instituições (2)
 Milho (1)
 Pecuária (3)
 Soja (27)

CONAB - Safra de grãos 05/06 de 125 milhões de toneladas

03/11/2005 Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento 15:18
CONAB PREVÊ QUE SAFRA DE GRÃOS 2005/2006 DEVE CHEGAR A 125 MILHÕES DE TONELADAS

A produção brasileira de grãos, safra 2005/2006, deve ficar entre 121,5 e 124,9 milhões de toneladas, anunciou hoje (3/11) o ecretário-executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Luis Carlos Guedes Pinto, durante a divulgação do primeiro levantamento da intenção de plantio realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Segundo ele, a área plantada nesta safra ficará entre 46,1 a 47,2 milhões de hectares, o que representa uma redução de 5,7% a 3,4% em comparação com os 48,8 milhões plantados na safra anterior.
Guedes explicou que a safra atual pode ter um crescimento de 8 a 11,3 milhões/t em relação à anterior, que foi de 113,5 milhões/t, um aumento que varia entre 7% e 10%. A previsão do bom desempenho desta safra se deve, de acordo com a pesquisa, ao aumento da área plantada do milho e da recuperação da produtividade da soja, que na safra anterior foram prejudicadas pela estiagem, especialmente nos estados do Sul do país.
Os números divulgados foram apurados por 59 técnicos da Conab, que foram a campo no período de 17 a 21 de outubro, nos estados do centro-sul, na Bahia, Tocantins e sul do Maranhão e do Piauí. Eles entrevistaram cerca de 2,4 mil produtores, cooperativas e órgãos públicos e privados.
Milho - A área plantada do milho primeira safra deverá ter um crescimento de 3,8% a 6% em relação à safra 2004/2005. Já a produção deve
ser de 31,7 milhões/t e 32,6 milhões/t, um número maior que os 27,3 milhões/t da safra passada, o que equivale a uma variação entre 16,3% e 19,4%.
Feijão - O grão 1ª safra também teve um aumento da área plantada estimulado pelo preço de mercado e deve ficar entre 5,2% e 6,7% maior que a
safra anterior. A produção vai variar entre 1,19 milhões/t e 1,22 milhões/t, um aumento entre 8,3% e 11%.
Arroz - Deve sofrer uma queda na área plantada de 15% a 11,7% devido aos baixos preços no mercado ocorridos na safra 2004/2005. Isto refletirá na produção que terá uma queda entre 12,6% e 9,4%. Mato Grosso é o estado onde deverá haver maior redução, variando entre 52,4% a 41,8%.
Algodão - Com uma diminuição da área plantada entre 34,9% e 28,6%, deixarão de ser cultivados entre 411,6 e 336,9 mil hectares dessa fibra. A
redução se deve aos baixos preços do produto no mercado. O tipo pluma, por exemplo, deve sofrer uma queda entre 390,6 mil/t e 294,6 mil/t, o que equivale a 30,1% e 22,7%.
Soja - Também comparada à última safra, a área plantada da soja deve cair entre 7,8% a 4,8% na área plantada, deixando de ser cultivados entre 1,8 milhão e 1,1 milhão de hectares. O desestímulo à cultura é atribuído às baixas cotações do produto nos mercados internos e externos, aliado à desvalorização cambial.

O arquivo abaixo contém esta notícia completa.

Arquivos
 conabprevisaodasafra20052006.pdf
  Tec Fertil Comércio, Representações e Serviços Ltda. Todos os direitos reservados.
Av. Benedito Storani, 95 - sala 9   -  Vinhedo  -  SP  -  CEP 13280-000  -  Fone/Fax: 55 (19) 3836-2261